5 dicas sobre som e imagem para videoconferência e live

De uma hora para a outra, as empresas e os profissionais liberais tiveram que migrar reuniões e outras atividades presenciais para o formato de videoconferência ou live para dar continuidade à gestão dos processos internos, externos e, principalmente, de relacionamento com clientes, fornecedores, colaboradores e parceiros de seus negócios.

Para dar conta dessa nova “ordem” de trabalho, os escritórios e as residências se transformaram em estúdios de gravação de vídeos. Muitos usuários passaram a utilizar seus próprios equipamentos para participar das transmissões e sem dominar técnicas básicas de enquadramento, iluminação, som, interatividade e compartilhamento de arquivos de textos, infográficos, tabelas etc. E, à medida que esses eventos virtuais se tornaram rotinas, uma grande parcela de usuários vem mantendo, por diversos fatores, o uso de soluções domésticas improvisadas. Entretanto, boa parte das empresas, especialmente do segmento de eventos, vem buscando soluções profissionais para melhorar a transmissão e o compartilhamento de informações e dados, como apresentações de produtos e serviços, conferências, seminários e outras atividades corporativas.

Agora, se sua empresa deseja um desempenho profissional, mas, ainda, não está pronta para investir na compra de novas tecnologias, um bom negócio é alugar estúdio in company para produzir e transmitir seus eventos virtuais com qualidade técnica. No mercado, há ofertas de locação de equipamentos audiovisuais e de informática profissionais que garantem a entrega, a montagem e operação desse tipo de estúdio em home office ou qualquer ambiente de sua empresa.

Entretanto, ao se produzir um evento virtual usando equipamentos próprios ou alugados é preciso cuidar de certos detalhes de som e imagem. Selecionamos a seguir algumas recomendações básicas que podem ajudar você a melhorar a qualidade dos vídeos virtuais de sua empresa.

Som nítido

Em alguns eventos, nem sempre uma imagem vale mil palavras. Nestes casos, quanto mais qualidade de som para transmitir ou ouvir, melhor será a compreensão da mensagem. Então, ao produzir ou participar de uma videoconferência ou live, recomenda-se usar microfone de lapela e fones de ouvido para substituir o microfone embutido no dispositivo, seja celular ou laptop.

Dê preferência ao microfone de lapela que se encaixa facilmente à roupa, como camisa, blusa ou blazer. No mercado, há diversos modelos semiprofissionais a preços acessíveis que garantem nitidez de som. Como capta apenas a voz de forma direcionada, esse tipo é mais adequado para gravar em ambientes interno e externos que apresentem risco de ruídos. Outra opção é o microfone de lapela omnidirecional projetado especialmente para smartphones usado a partir de um aplicativo.

Para entrevista com pessoa mantida à distância (de acordo com o protocolo de distanciamento social), sugere-se usar um microfone direcional compacto acoplado à câmera e não preso na roupa do entrevistado..

No caso de gravação de conversa de grupo de pessoas, é ideal usar microfone boom, um tipo acoplado em um cabo próprio para tal modelo que permite mobilidade de direcionamento. Neste caso, é necessário da ajuda de um assistente para segurar e posicionar o microfone.

Imagem com contraste e brilho

Em geral, as pessoas desejam a melhor aparência na tela. Para isso, é essencial cuidar da iluminação, o que não é nada simples de resolver nos ambientes improvisados de home office ou empresas.  

Diante de limitações de boa luz nesses espaços e também de tecnologias adequadas, recomenda-se evitar sistemas de iluminação fria de teto e explorar, quando possível, a incidência de luz natural.

No caso de gravação em local sem luz natural ou à noite, é preciso investir em algum tipo de iluminação LED para evitar o uso de iluminação de lâmpadas fluorescentes de teto. No mercado, há diversas ofertas de modelos de luz LED apropriadas para gravação de vídeos a preços razoáveis, sendo que alguns tipos até incluem tripés para uso com câmeras ou suportes para celulares.

Se for possível usar a luz natural de uma janela ou de um espaço externo, atende-se sobre a posição da câmera para não gravar imagem em contra a luz do Sol ou com excesso (evitar o horário de 12 as 15 horas) ou pouca luminosidade (amanhecer e entardecer).

Se você ou entrevistado estiver de frente à janela num ambiente fechado com cortina, use-a para suavizar, direcionar ou espalhar de forma simétrica a luminosidade externa. Muita luz pode proporcionar uma imagem com muito contraste e brilho. Se não houver uma cortina na janela, você pode colocar a câmera mais distante da janela e improvisar a difusão da luz usando uma cartolina ou placa de isopor branca ou forrada com papel alumínio de forma a funcionar como um refletor.  Esse material pode ser colocado em um tripé ou suporte improvisado ou segurado por um assistente.

O mercado oferece uma gama de modelos de luzes, tripés, rebatedores e refletores  de qualidade a baixo custo. Um modelo de luz muito usado hoje por influenciadores sociais, por exemplo, é o tipo “luzes de anel” com diferentes modos de iluminação e com suporte flexível para câmera ou smartphone.

Além desses equipamentos e dicas para produzir vídeos com melhor iluminação, você também pode explorar os recursos e as dicas de ajustes e retoques de imagens das plataformas meeting cloud ou streaming. Se estiver usando a popular Zoom, selecione a opção “Retoque minha aparência”, no menu configurações de vídeo, para suavizar o brilho e ajustar o contraste da pele.

Outra boa dica, tanto para homens como mulheres, é usar maquiagem, como pó compacto de cor neutra para reduzir a oleosidade da pele que, geralmente, causa brilho na imagem.

Cenário adequado

Nem sempre os fundos disponíveis nas plataformas meeting cloud ou streaming, como os Funky Zoom, podem ser apropriados para vídeos virtuais relacionados ao trabalho. Se usar as opções dessas plataformas, procure escolher os de temáticas  neutras e designs simples para não desconcentrar os seus interlocutores ou seu público.

Caso você opte por um ambiente home office ou de sua empresa, escolha fundos de paredes neutras ou com mobiliário com poucos objetos. Se for uma parede, procure se posicionar distante para evitar a exibição de defeitos, tais como sujeira, mancha, tinta desbotada ou infiltração. Evite também fundos com cabos elétricos ou outras instalações defeituosas visíveis. Se escolher plantas ao fundo, quadros ou quaisquer outros objetos, planeje um enquadramento adequado de forma que os mesmos não causem estranheza ou efeitos cômicos.

E se você ou convidado estiver posicionado em frente a uma estante de livros, tente sentar ou ficar a alguns metros dela. Isso evita que você pareça estar grudado na estante e também que as pessoas se distraiam tentando ler os títulos dos livros. Usar roupas e adereços neutros também é o ideal para eventos virtuais corporativos, caso não seja o propósito da apresentação.

Enquadramento da câmera

Sentado ou em pé, o ideal é ter a câmera posicionada na altura dos seus olhos ou do seu entrevistado. Ao falar, procure olhar para a lente da câmera. No caso do uso de câmera de smartphone ou laptop, evite olhar para a tela, a não ser que você precise ler algum a informação ou dados.

Se estiver sentado, procure usar close ou enquadramento tipo “apresentador em bancada de telejornal”, ou seja, do peito até um pouco acima da cabeça, mantendo as laterais e os cotovelos sobre a mesa ou bancada. Caso você optar por ficar em pé, ideal usar o enquadramento da cintura para cima.

Tanto em pé como sentado, ideal usar a câmera ou smartphone em tripé para dar estabilidade ao enquadramento. Se você usar a câmera de laptop ou webcamera acoplada nele, posicione a tela de maneira que ela fique alinhada aos seus olhos. Evite deixar a tela inclinada para trás para não projetar sua imagem de baixo para cima.

Se usar a webcamera, verifique se a configuração desse dispositivo do laptop está atualizada para obter uma imagem com qualidade. Alguns modelos no mercado oferecem visão de 90 graus com recursos de inclinação e zoom, o que funciona bem para exibir produtos.

3, 2, 1… gravando!

Então, tudo pronto para fazer seu evento virtual?

Não deixe de fazer um teste antes de qualquer transmissão para verificar se o microfone está sem ruídos e interferências, se o fundo do cenário está adequado, se a lente da câmera está limpa, se a câmera está bem posicionada, se os conteúdos a serem compartilhados estão acessíveis e nos formatos recomendados…E, se estiver usando seu celular ou não como dispositivo da transmissão, não esqueça de colocá-lo no modo avião!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s