10 tecnologias que continuam em alta em eventos

Certas tecnologias surgem inesperadamente e impactam o mercado. Algumas desaparecem tão rápido quanto aparecem. Outras demoram a chegar e até duram mais. Muitas evoluem e inovam funcionalidades. Nesse cenário de variáveis, destacamos umas que já estão em uso há algum tempo e outras nem tanto assim mas que se renovam continuamente e no ritmo da era digital, para se manterem no mercado. Confira!

1 Toten de carregamento e reposição de baterias de dispositivos móveis

Esses dispositivos para carregamento de celulares, tablets e laptops surgiram para resolver um problema corriqueiro de fim de baterias de quem passa longo tempo em eventos. Em geral, estão espalhados em vários pontos, evitando, assim, o acúmulo de pessoas em um mesmo espaço e, ao mesmo tempo, próximos das atividades para que elas acompanhem a programação. Outra oferta é a de sistemas baseados no conceito guarda-volumes, compartimentos fechados que permitem às pessoas deixar seus dispositivos móveis carregando. Além de segurança, é ideal para quem não deseja aguardar o carregamento num ponto fixo. Outra novidade recente é a oferta de aluguel de baterias carregadas. As pessoas podem apanhar em um ponto e devolver em outro do evento ou até mesmo em outros pontos da cidade, como aeroportos.

2 Drone

Os drones também chegaram impactando e logo foram incorporados em atividades de diversos segmentos. Em eventos, essa tecnologia vem sendo usada especialmente para promover campanhas de marketing. Cada vez mais acessível, agregam continuamente inovações que permitem fotografar, gravar e transmitir imagens ou audiovisuais de qualquer evento. Há fornecedores que oferecem uma gama de serviços e modelos para comprar ou alugar aparelhos de todos os tipos. Alguns eventos já oferecem atividades que permitem a manipulação pelos próprios participantes. No entanto, ao planejar qualquer uso dessa tecnologia em eventos, é preciso cumprir a legislação e as normas de segurança vigentes.  

3 Projeção e iluminação

mapping_ponteEm vez de usar cenários com painéis, mobiliários, flores e objetos, os organizadores de eventos estão apostando em alternativas hi-tech tão criativas quanto esses adornos tradicionais de decoração. Cada vez mais investem em projetores e refletores tipos canhões e par LEDs para criar ambientes modernos e interativos. Com projetores de alta resolução, criam projeção mapeada para projetor conteúdos em paredes, pisos e tetos, incluindo, se for necessário, dispositivos para oferecer interatividade e experiências sensoriais impactantes aos participantes. Os conteúdos, inclusive, podem ser personalizados de forma a dar identidade às marcas e aos temas dos eventos. No caso de refletores, esse recurso faz toda a diferença na decoração dos espaços, e há uma grande oferta de tipos e cores de iluminação para valorizar os ambientes.

4 Holograma

Essa tecnologia é mais um atrativo de marketing de eventos ou até mesmo uma solução para a programação de palestrantes ausentes. Ela é saída criativa, por exemplo, para exibir apresentações previamente gravadas de personalidades que não puderam estar presente no evento. Tecnicamente, os hologramas são imagens tridimensionais que contêm dados da intensidade e da fase da radiação refletida, difratada ou transmitida por objetos ou pessoas fotografados. É mais uma forma de apresentação criativa para atrair audiência. Além de substituir palestrantes, essa tecnologia também é adotada em estantes para reproduzir personagens, modelos, garoto(a) propaganda de marcas e produtos ou outras imagens de promoção e marketing.

5 Beacon

ibeacon-museuMuito comum no comércio e em ambientes culturais, essa tecnologia já atraiu também o interesse de gestores de eventos para promover mais engajamento do público. Aplicada para smartphones via bluetooth, oferece uma gama de possibilidades de comunicação rápida e interativa com participantes de eventos de todos os portes. Ao ser agregada ao aplicativo do evento, ela pode ser usada para enviar notificações, indicações e materiais adequados ao seu perfil de cada participante, colocando-o em contato direto com potenciais parceiros de negócios. Já usada também para identificar a presença do participante no credenciamento, contribuindo com a redução das filas do check-in; orientar o movimento dos participantes indicando-lhes “caminhos” de interesse; enviar informações personalizadas em tempo real; enviar convites e outras estratégias para atrair o público-alvo para uma determinada atividade ou um cliente em potencial para um estande.

6 Crachá

No credenciamento, os crachás se renovam com a inclusão de dispositivos QR Code ou mesmo com pulseiras NFC. O mercado oferece uma infinidade de alternativas, com soluções e preços para pequenos a grandes eventos. De acordo com as necessidades do evento, o organizador do evento pode agregar outras funcionalidades de difusão e/ou coleta de informações para melhorar a experiência, o engajamento e o networking de participantes.

7 Apresentação dinâmica e interativa

Palestrantes já se deram conta de que o slide, tipo PPT, não os ajudam a atrair a atenção da plateia, mesmo sendo profissionais experientes, carismáticos e com domínio de assuntos interessantes. Atualmente, buscam aplicativos para apresentar conteúdos multimídias dinâmicos e interativos. Soluções que agregam vídeo, internet e até mesmo outras plataformas de gerenciamento de eventos para participação em tempo real da plateia, como sistemas de pesquisa e votação. Para isso, não faltam ofertas de plataformas de apresentações gratuitas ou pagas para o palestrante escolher a melhor opção para seu trabalho. Assim como modelos diversos de projetores e telas com dispositivos de conexão à internet, para viabilizar apresentações inovadoras.

8 Cartão de visita

Troca de cartões de visita ainda é uma prática comum nos eventos corporativos. Mas é preciso agregar novas tecnologias para ampliar as conexões entre os participantes. Atualmente, existem muitas alternativas possíveis, como a inserção de QR Code para acesso de dados da pessoa e da empresa via aplicativos em smartphones.

9 Feedback

Coletar a opinião do público e todos participantes é fundamental para compor os indicadores da avaliação dos eventos. Mas nada de usar papel, prancheta e planilhas não tem mais sentido na era de aplicativos de gestão de eventos. No mercado, há uma variedade de opções para pequenos, médios e grandes eventos. Por meio deles, é possível enviar aos participantes notificações push para que eles respondam de maneira rápida e dinâmica. Para incentivar e engajar a participação do público nesse processo, muitos gestores usam diversas estratégias, como quis, gamificação e prêmios.

10 Mapas dos eventos

Em geral, eventos de médio e grande portes continuam apostando em mapas do evento para facilitar a visitação do público-alvo. Mas, os tradicionais mapas de papel de localização de estandes, salões de palestras e outras tantas atividades estão sendo substituídos pelos aplicativos digitais. São opções de fácil acesso via smartphones ou tablets e podem ser atualizados online, sempre que ocorre uma alteração. Uma facilidade também para os gestores já que é bastante comum haver mudanças até a abertura do evento, assim como durante o evento. Além de localização atualizada e mais precisa, essa inovação de mapas permite também ao gestor enviar informações personalizadas para cada participante ou grupos de interesse.


anuncio_VCR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s